Boa Tarde! Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018.
 Home

   

Propostas litúrgico-pastorais para o tempo de Advento

01/01/2005
«Ao celebrar anualmente a liturgia de Advento, a Igreja atualiza esta espera do Messias: participando da longa preparação da primeira vinda do Salvador, os fiéis renovam o ardente desejo de sua segunda Vinda. Celebrando o natal e o martírio do Precursor, a Igreja se une ao desejo de este: «É preciso que ele cresça e que eu diminua» (Jo 3, 30).» (Catecismo da Igreja Católica, # 524).

Colocamos a seu alcance algumas iniciativas que podem ajudar a preparar o tempo de Advento.

1. Retiro sobre o tempo de Advento

Poderia-se, preferentemente ao início do tempo litúrgico, realizar um retiro para todos os membros do centro, associação, etc. com o fim de obter uma melhor preparação com vistas ao Natal. Os temas são dados pelos acentos, personagens e meios que a Igreja oferece para o Advento.

2. Liturgia semanal sobre o tema da semana

Durante o transcurso da semana pode convidar os agrupamentos e outras associações a que celebrem em sua reunião semanal uma liturgia que contribua para aprofundar no tema e acento que a liturgia da Igreja propõe para cada semana.

3. Campanha de oração

Pode-se realizar ao longo de todo o tempo de advento uma campanha de oração com o fim de intensificar a vida de oração necessária para uma adequada preparação para a celebração do Natal.

Pode ser feita convidando à participação pessoal e comunitária (por Agrupamentos Marianos, por associações em seu conjunto, etc.).

Podem-se fazer murais com desenhos (quadriculados para serem coloridos) alusivos ao Natal. Também é possível ir preparando o presépio com as orações: maços de palha ou erva, madeiras, etc. podem simbolizar determinados exercícios de oração.

Assim mesmo, seria bom organizar a oração comunitária e diária da liturgia das horas (laudes, vésperas e completas) contando com os símbolos próprios deste tempo litúrgico.

4. Celebração natalina para centros apostólicos

Os dias mais próximos ao Natal são propícios para realizar nos centros apostólicos alguma celebração natalina. Esta instância é importante para celebrar comunitariamente nossa fé, para fortalecer os laços de comunhão entre os membros do centro apostólico ou associação e para estreitar vínculos com amigos e familiares procurando converter esta celebração em uma ocasião de evangelização.

Esta celebração natalina pode ter várias atividades. Por exemplo:

Oração inicial

Peça de teatro, de bonecos, etc. alusiva ao Natal

Talentos: poesia, cantos, contos, etc.

Liturgia

Grupo de Musica Natalina

Chocolate Quente

É muito recomendável a participação de pessoas representativas das associações, projetos, etc. Esta celebração deve fazer participar não só a alguns quantos já que é uma instância de encontro e participação de todos os membros do centro apostólico ou associação. Devemos pôr muito boa atenção à dimensão apostólica desta jornada.

5. Concursos

Pode-se promover o espírito de preparação para o Natal convocando a concursos de distintos talentos: composição de canções, de canções de natal, de contos, de poesias, de murais, símbolos e desenhos litúrgicos, etc. A celebração natalina poderia ser uma boa ocasião para apresentar alguns destes talentos.

6. Coleta e visita a irmãos necessitados

O tempo de Advento é muito apropriado para acentuar a vivência da caridade e solidariedade com nossos irmãos mais necessitados. Por isso é recomendável organizar uma coleta de mantimentos, roupa e brinquedos com o fim de doá-los no marco de uma visita a algum hospital ou a uma favela.

Ao término das missas de cada domingo de advento se podem repartir caixas de papelão para que cada família ou pessoa colabore com uma família pobre neste Natal. As pessoas são convidadas a se inscrever especificando se quer doar uma caixa de mantimentos para uma família de 4, 6 ou 8 membros. Em cada caso deve dar-se ao doador uma lista de mantimentos e suas quantidades segundo o caso.

A visita deve envolver a maior quantidade de gente possível já que pode ser uma magnífica ocasião apostólica. Deve cuidar-se que esta visita não seja, portanto, um mero repartir presentes, mas sim deve transmitir o essencial de nossa vida de fé.

7. Ambientação de centros apostólicos

É importante que os ambientes físicos do centro apostólico estejam devidamente decorados com motivos de Advento e de Natal. Devemos gerar um ambiente que favoreça nossa preparação e espera, nossa vida de silêncio e oração, de encontro fraterno.

Para obter uma maior envolvimento das pessoas poderia ser organizado um concurso de arrumação e decoração por associações e ao interior delas. Também se pode organizar este concurso motivando a participação de famílias. (É importante acentuar a dimensão comunitária desta atividade).

Os murais com artigos e desenhos, pôsteres com frases alusivas ao tempo litúrgico (por exemplo: “Vêem, Senhor Jesus”, “Venha a nós seu Reino”, etc.) e/ou com desenhos ou símbolos litúrgicos, a coroa de advento, o presépio, a árvore de Natal, etc. são alguns elementos que podem favorecer este objetivo.

Há a disposição de quem o requeira algumas liturgias de bênção de símbolos próprios do tempo (coroa, árvore e presépio) que poderiam servir em oferta de encontro e oração entre os membros do centro e associações.

Assim mesmo recomendamos o uso de música natalina em momentos oportunos já que isto também pode ser um bom meio que contribua na vivência do Advento.

8. Vídeo Fórum

A apresentação de alguma filme que em seguida possa ser comentado pelos participantes pode favorecer a preparação do Natal. Alguns filmes de temas apropriados são:

Contos de Natal (distintas versões) O quarto mago

9. Donativo de Advento

Nas celebrações eucarísticas dominicais do MVC durante o tempo de advento se realizará a entrega semanal de um donativo para a manutenção das obras apostólicas do Movimento. Desde cada associação e/ou centro apostólico emevecista se deve promover e apoiar esta iniciativa.

10. Celebrações eucarísticas

Nossas celebrações litúrgicas eucarísticas podem ser enriquecidas através de distintos meios:

Bênção da coroa de Advento (ver Ritual de Bênçãos)

O ascender progressivo, semana após semana, das velas da coroa de Advento

Bênção do nascimento da capela (ver Ritual de Bênçãos)

Rito de inauguração do ano litúrgico com procissão do leccionário dominical

Utilização do rito de aspersão de água bendita, pelo menos os domingos, e sobre tudo da segunda parte do Advento (na linha de uma expectativa gozosa pelo Dom de Deus)

Austeridade na decoração da capela: flores, adornos, etc.

Austeridade no uso de instrumentos musicais para alguns cantos da celebração

Uso de desenhos de símbolos litúrgicos

Colocação em um lugar visível da capela de uma cesta para os mantimentos, etc. que a comunidade irá doando no transcurso do tempo de Advento

 

 Voltar