Boa Tarde! Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018.
 Home

   

Origem da devoção a Nossa Senhora do Carmo e o Monte Carmelo

02/01/2005
O Carmelo era sem dúvida, o monte onde vários profetas prestaram culto a Deus. Os principais foram Elias e seu discípulo Eliseu, mas existiam também diferentes pessoas que se retiravam nas covas da montanha para seguir uma vida eremita. Esta forma de oração, de penitência e de austeridade foi continuada séculos mais tarde, concretamente no III e IV, por homens cristãos que seguiram o modelo de Jesus Cristo e que de alguma forma tiveram o próprio Elias como patrão situando-se no vale chamado Wadi-es-Siah.

Em meados do século XII, um grupo de devotos da Terra Santa procedentes do Ocidente -alguns acreditam que vinham da Itália-, decidiram instalar-se no mesmo vale que seus antecessores e escolheram como padroeira a Virgem Maria. Ali construíram a primeira Igreja dedicada a Santa Maria do Monte Carmelo. Em seu mosteiro não quiseram criar uma nova forma de culto mariano, tampouco o título da invocação, respondia a uma imagem em especial.

Quiseram viver sob os aspectos marianos que saíam refletidos nos textos evangélicos: maternidade divina, virgindade, imaculada conceição e anunciação. Estes devotos que decidiram viver em comunidade sob a oração e a pobreza, foram o berço da Ordem dos Carmelitas, e sua devoção à Virgem permitiu que nascesse uma nova invocação: Nossa Senhora do Carmo.

 

 Voltar