Boa Noite! Domingo, 24 de Junho de 2018.
 Home

   

"E o discípulo a acolheu em sua casa"

02/01/2005

(Para rezar no sábado, dia 18 de dezembro)

Oferecemos-lhes esta liturgia mariana para ser rezada pela família no sábado anterior à Noite de Natal. Sabemos pelo Evangelho que Santa Maria deu à luz o Senhor Jesus no presépio, "porque não havia lugar para eles se abrigarem" (Lc 2, 7). Com este momento de oração queremos em primeiro lugar dar graças Àquela que deu tudo para nos dar o Reconciliador, assim como acolhê-la com amor filial em nossas vidas e lares, como o fez São João. Desta maneira, Santa Maria dará à luz seu Filho, o Senhor Jesus, em nossas vidas.

LITURGIA

INTRODUÇÃO

A família se reúne em um lugar apropriado da casa, em torno a uma imagem de Santa Maria.

Todos fazendo o Sinal da Cruz dizem:

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Em seguida o pai de família explica a todos os presentes o sentido desta liturgia com as seguintes palavras:

Ao dar graças a Deus que nos deu o seu Filho, devemos dar graças também à virgem Maria. Com seu "Sim" às palavras do Arcanjo, por obra do Espírito Santo, tornou-se a Mãe de Deus e Mãe nossa, e na noite de Belém "irradiou sobre o mundo a luz eterna, Jesus Cristo nosso Senhor". Demos graças a Santa Maria porque Ela deu tudo por nossa reconciliação e peçamos-lhe para que nossos corações estejam sempre dispostos a acolhê-la e, com Ela, o seu Divino Filho.

Em seguida, a mãe da família diz a seguinte oração:

Agradeço-te por ser Santa Maria.
Agradeço-te por haver-te aberto à graça,
e à escuta da palavra, desde sempre.

Agradeço-te por ter acolhido
em teu ventre puríssimo
àquele que é
a Vida e o Amor.

Agradeço-te por ter mantido
teu "Faça-se"
através de todos
os acontecimentos de tua vida.

Agradeço-te por teus exemplos
dignos de serem acolhidos
e vividos.

Agradeço-te por tua humildade,
por tua docilidade,
por essa magnífica sobriedade,
por tua capacidade de escuta,
por tua reverência,
por tua fidelidade,
por tua magnanimidade,
e por todas aquelas virtudes
que rivalizam em beleza
entre si
e que Deus nos permite
vislumbrar em Ti.

Agradeço-te por teu olhar maternal,
por tuas intercessões,
tua ternura,
teus auxílios e orientações.

Agradeço-te por tantas bondades.

Enfim,

agradeço-te por ser Santa Maria,
Mãe do Senhor Jesus
e nossa.

Amém.

INVOCAÇÃO DA FAMÍLIA

Olhando a imagem da Virgem, a família eleva a seguinte súplica comum.

(Outros dois membros da família fazem as invocações)

Primeiro membro da família:

Invoquemos ao Senhor Jesus, Reconciliador do mundo, recorrendo confiantes à intercessão de sua Santa Mãe. Digamos a cada invocação:

R. Que tua Santa Mãe, Senhor, interceda por nós.

Salvai-nos, Senhor, por vossa anunciação-encarnação, R.

Salvai-nos, Senhor, por vosso nascimento em Belém, R.

Salvai-nos, Senhor, por vossa apresentação no templo, R.

Salvai-nos, Senhor, por vosso santo batismo, R.

Salvai-nos, Senhor por vossa paixão e vossa cruz, R.

Salvai-nos, Senhor, por vossa morte e sepultura, R.

Salvai-nos, Senhor, por vossa santa ressurreição, R.

Salvai-nos, Senhor, por vossa gloriosa ascensão, R.

Salvai-nos, Senhor, por vosso dom do Espírito Santo, R.

Salvai-nos, Senhor, quando vierdes na glória, R.

Segundo membro da família:

Às nossas preces responderemos:

R. Pela intercessão de vossa Santa Mãe.

· Concedei ao Santo Padre, o Papa João Paulo II, e a nosso Bispo, vida e saúde e renovai-lhes em seu ministério e em sua santidade de vida.

R. Pela intercessão de vossa Santa Mãe.

· Iluminai as mentes dos governantes na busca do bem comum, da paz e da reconciliação.

R. Pela intercessão de vossa Santa Mãe.

· Escutai o lamento dos que sofrem, a oração dos perseguidos por causa da fé, a invocação das vítimas inocentes.

R. Pela intercessão de vossa Santa Mãe.

· Guiai à conversão aos que se afastaram de vós.

R. Pela intercessão de vossa Santa Mãe.

· Mostrai a luz do vosso rosto aos que vos buscam com sinceridade de coração.

R. Pela intercessão de vossa Santa Mãe.

· E finalmente, ajuda-nos Mãe nossa para que nosso lar seja como o de Nazaré, um cenáculo de comunhão no amor.

E toda a família reza a seguinte oração:

À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas
em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó Virgem gloriosa e bendita.

O pai da família termina a liturgia com a seguinte oração:

Ó Deus, que manifestastes ao mundo
entre os braços da Virgem Mãe o vosso Filho,
glória de Israel e luz dos povos;
Fazei que na escola de Maria
aprendamos a acolher ao Senhor Jesus
e reconheçamos nEle o único Salvador
do mundo ontem, hoje e sempre.

Ele vive e reina pelos séculos dos séculos.

Amém.

E todos fazem o Sinal da Cruz:

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

 

 Voltar